Fevereiro 2022
 
Fevereiro 2022
home.jpg
Ministro Tarcísio e Frederico Carneiro (SENATRAN) discutem propostas com a FENABRAVE

 

Foram apenas duas semanas, mas com muita agitação política e empresarial na agenda do Presidente Andreta Jr., que recebeu, entre os dias 1 e 16 de fevereiro, autoridades políticas e lideranças do Setor para discutir propostas que possam acelerar a retomada do mercado e da economia nacional.

Em busca de defender os interesses do Setor, o Presidente da FENABRAVE, José Maurício Andreta Jr., e sua diretoria têm recebido, na sede da Federação, representantes de entidades congêneres e do Poder Público, além de participar de reuniões virtuais. “Como tenho destacado, desde o início do meu mandato, em janeiro, o momento pede que o setor automotivo esteja unido e próximo, para que possamos dialogar com os governos e encontrar as melhores soluções para o Setor e para o País”, afirma Andreta Jr.

  • 01/02/22 – Reunião virtual da FENABRAVE com a ANEF – Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras sobre assuntos de interesse comum.

  • 09/02/22 – O ministro da Infaestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o Secretário Nacional de Trânsito, Frederico de Moura Carneiro, SENATRAN, visitaram a sede da FENABRAVE para a discussão de projetos de interesse do Setor (assista aos vídeos da visita, clicando nos links).

  • 10/02/22 – O diretor-presidente do DETRAN-SP – Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo, Ernesto Mascellani Neto, esteve na FENABRAVE para falar sobre a portaria do RENAVE – Registro Nacional de Veículos em Estoque para o Estado.

  • 15/02/22 – Isaac Sidney, presidente da FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos, e a diretoria da entidade realizaram visita institucional e de relacionamento à FENABRAVE. No mesmo dia, a diretoria da FENABRAVE recebeu Luis Eduardo da Costa Carvalho, presidente da ACREFI – Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento e concedeu entrevista exclusiva para as páginas azuis da revista Isto É Dinheiro.

  • 16/02/22 – Participação de Andreta Jr. na reunião on-line Plenária do Conselho Superior do SINDIPEÇAS – Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores. O Presidente da FENABRAVE ministrou palestra sobre "Perspectivas para o Setor da Distribuição de Veículos Automotores em 2022".

Diretoria da FENABRAVE, em reunião com membros do Poder Público.

press to zoom

Presidente da FENABRAVE, Andreta Jr., com Luis Eduardo da Costa Carvalho, presidente da ACREFI.

press to zoom

Diretor-presidente do DETRAN-SP, Ernesto Mascellani Neto, e Andreta Jr.

press to zoom

Diretoria da FENABRAVE, em reunião com membros do Poder Público.

press to zoom
1/8

Clique para abrir a galeria

 
Fevereiro 2022
home.jpg
Artigo: 2022, um ano difícil

Por Tereza Maria Fernandez Dias da Silva, sócia da MB Associados

As perspectivas para a economia brasileira, para este ano, não são boas. A inflação segue pressionada, devendo ficar longe do centro da meta (3,5%) e acima do teto (5,0%), obrigando o Banco Central a subir os juros para níveis não vistos desde 2015, se situando entre 12,5% e 13% a.a., no final do ano.

Os juros elevados impactam, no curto prazo, as cotações do Real. Com o custo de carregamento alto, o fluxo cambial fica positivo, fazendo com que a moeda se valorize. No momento em que escrevia este artigo, o Dólar era cotado a R$ 5,20, o menor valor desde setembro de 2021. Essa tendência deve se reverter quando o FED, o Banco Central dos Estados Unidos, iniciar seu processo de aperto monetário, previsto para o mês de março. Nesse sentido, temos mais uma característica para o ano, além de inflação e juros, que será a volatilidade, ou seja, incertezas.

O impacto das premissas acima, na economia, se traduz em uma atividade fraca. A nossa expectativa é de que o PIB de 2022 seja muito próximo de zero. A contribuição positiva esperada fica por conta do agronegócio e de serviços, com os setores de indústria e construção civil apresentando retração. Lembramos que os problemas nas várias cadeias produtivas continuam com falta de insumos, partes e peças, afetando, principalmente, o setor industrial.

E no meio do caminho temos uma eleição...

Além dos pontos citados, o setor automotivo, em especial os segmentos de automóveis e comerciais leves, terão seu desempenho afetado por dois fatores: a queda da renda real da população e o crédito. Com a taxa de juros no maior patamar em cinco anos, um endividamento das famílias recorde, em 17 anos, e aumento de inadimplência, os bancos diminuem a oferta e aumentam o seu “spread” de risco. A consequência nas vendas desses segmentos será imediata.

O impacto também ocorre no mercado de motocicletas, cujo desempenho negativo pode ser amenizado em função das compras via consórcio e da substituição dos automóveis pelos modelos de duas rodas.

O agronegócio segue ajudando nas vendas de caminhões, implementos rodoviários e máquinas agrícolas. E, no segmento de ônibus, o retorno do programa “Caminho da Escola” deve contribuir para números positivos em emplacamentos.

Tereza Fernandez.jpg

Tereza Maria Fernandez Dias da Silva

Fevereiro 2022
home.jpg
A hora e a vez do RENAVE Zero KM

Desde 24 de janeiro, o RENAVE – Registro Nacional de Veículos em Estoque - Módulo 0KM está em operação no país. O credenciamento ao sistema é obrigatório para as Concessionárias de veículos. “A Concessionária deverá informar, eletronicamente, na saída de estoque, o número da nota fiscal e do documento da pessoa física ou jurídica do comprador, para evitar fraudes. Sem essas informações, o automóvel não poderá ser registrado no Detran”, explica o Secretário Nacional de Trânsito, Frederico de Moura Carneiro, que esteve na FENABRAVE, no último dia 9 de fevereiro.

O processo de credenciamento é bem simples. Basta acessar o site https://credencia.estaleiro.serpro.gov.br/credencia-web/#/login e seguir o passo a passo. Em seguida, é necessário realizar a integração do DMS com o RENAVE.

Com o sistema implantado, quando um consumidor adquirir um veículo novo, ele receberá, além da nota fiscal, a Autorização para Transferência de Veículo Eletrônica (ATPV-e), emitida na saída da Concessionária. Somente de posse da ATPV-e será possível o emplacamento do veículo. A única exceção é para carros com venda direta das Montadoras ou com encarroçamento posterior. Para esses veículos, a implantação acontecerá ao longo do ano.

A FENABRAVE acompanhou, no mês de janeiro, seis reuniões entre o SERPRO – Serviço Federal de Processamento de Dados e a SENATRAN – Secretaria Nacional de Trânsito para treinamento e esclarecimentos de dúvidas sobre a implantação do RENAVE 0KM.

renave ZERO.png

Sistema entrou em operação em janeiro.

 
 
Fevereiro 2022
home.jpg
Programação Neurolinguística é tema da Universidade Web Fenabrave

Em fevereiro, a Universidade Web FENABRAVE lançou os dois primeiros módulos do curso “Técnicas de PNL – Programação Neurolinguística para o dia a dia”. No total, serão 4 módulos, apresentados por Rogério Chelucci. O “Módulo 1 – Introdução à PNL” fala sobre a definição e os pressupostos da PNL, entre outros aspectos relevantes.

Já o “Módulo 2 – Crenças e valores – âncoras na programação mental” auxilia o participante a se valer de crenças e valores na construção de estratégias para o sucesso.

Os cursos da Universidade Web Fenabrave podem ser acessados de onde o aluno estiver, pelo canal que preferir e na hora que estiver disponível! A plataforma é multicanal e responsiva, e cada curso pode ser acessado pela internet, em formato PDF, podcast ou vídeo.

Universidade.png

Central de Atendimento
Tel.: (11) 5582-0045

E-mail: universidade@fenabrave.org.br

www.universidadefenabrave.com.br