Outubro 2020

FOCONLINE começa dia 21 de outubro

Vendas de novos já operam em níveis pré-pandemia

Novidades na legislação

IPC Maps: brasileiros devem gastar R$ 480 bilhões em veículos próprios em 2020

Universidade Web FENABRAVE prorroga isenção de pagamentos

b3_20-062_banner-fenabrave_920x145px.jpg
 
Outubro 2020
home.jpg
FOCONLINE começa dia 21 de outubro

Em versão totalmente digital, o FOCONLINE 2020, que começa em 21 de outubro e vai até 9 de dezembro, terá mediação de Millena Machado e palestra de encerramento com Rogério Flausino, da banda Jota Quest.

Com o tema “Um Mundo em Transformação”, a edição 2020 do FOCO – Fórum de Concessionárias será realizada on-line, com transmissão ao vivo, às quartas-feiras, às 19h30 (horário de Brasília), entre 21 de outubro e 9 de dezembro. O evento é gratuito e composto de oito ciclos, com temas diversificados, e tem o patrocínio máster do Itaú. Por ser realizado on-line, o programa terá abrangência nacional.

 

“O FOCONLINE é um espaço de aprendizado e troca de experiências. É a primeira vez que será realizado de forma virtual. O evento busca abordar assuntos importantes para as atividades de todos os que trabalham em Concessionárias de veículos”, afirma o Presidente da FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, Alarico Assumpção Júnior.

 

O FOCONLINE 2020 terá a mediação de Millena Machado, apresentadora do programa Auto Esporte, da TV Globo, por oito anos. Cada ciclo terá 1h30 de duração, e os temas serão apresentados por dois palestrantes, que irão participar por videoconferência ou presencialmente no estúdio. Haverá interação do público, por meio de perguntas e participação ao vivo. O encerramento será com Rogério Flausino, vocalista da Banda Jota Quest.

 

As inscrições podem ser realizadas por meio do SINCODIV – Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos de cada estado.

Confira os temas:

TODAS AS QUARTAS-FEIRAS (DAS 19H30 ÀS 21H, HORÁRIO DE BRASÍLIA):

21 de outubro – CICLO 1

“CONSUMO E COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR NO MUNDO PÓS-PANDEMIA – O NOVO NORMAL”

Carlos Murilo Moreno / Paulo Silvestre

28 de outubro – CICLO 2

“COMPETÊNCIAS PARA O FUTURO”

Rebeca Toyama / Alice Salvo Sosnowski

4 de novembro – CICLO 3

“INTELIGÊNCIA EMOCIONAL”

Virginia Gherard / Alice Salvo Sosnowski

11 de novembro – CICLO 4

 “ORGANIZAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DO TEMPO NO TRABALHO NO HOME OFFICE E PRESENCIAL”

Rogério Chelucci / Deborah Zavistanavicius Zapata

18 de novembro – CICLO 5

“EXPLORANDO CANAIS DE VENDAS E AS ESTRATÉGIAS PARA O DIGITAL”

Rafael Cutait / Paulo Silvestre

25 de novembro – CICLO 6

“PNL – PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA NA COMUNICAÇÃO ON-LINE E PRESENCIAL COM O CLIENTE – CRIANDO RAPPORT”

Cassio Ferraz / Cintia Menegazzo

2 de dezembro – CICLO 7

“CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO”

Lígia Fascioni / David de Oliveira Lemes

9 de dezembro – CICLO 8 – ENCERRAMENTO

“RESSIGNIFICAR – DIAS MELHORES” – PALESTRANTE ESPECIAL

Rogério Flausino – Banda JQuest

Millena Machado.png

Millena Machado

Rogério Flausino

 
Outubro 2020
home.jpg
Vendas de novos já operam em níveis pré-pandemia

Com a alta de 9,55% sobre agosto, o mês de setembro chegou à marca de 328.233 veículos novos comercializados, de acordo com dados do DENATRAN – Departamento Nacional de Trânsito, divulgados pela FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores. Este número é apenas 2,57% menor do que o registrado no mesmo mês de 2019. Isso indica que o mercado já opera em níveis de vendas pré-pandemia.

“Apesar de ter o mesmo número de dias úteis de agosto (21), o volume de setembro foi mais elevado, prova de que o mercado se recupera rapidamente. Além disso, o mês só não foi melhor para alguns segmentos, como caminhões e motos, pela baixa produção, em função da falta de componentes e do distanciamento necessário nas fábricas, o que reduz a produção de veículos”, destaca Alarico Assumpção Júnior, Presidente da FENABRAVE.

Projeções

Com a recuperação dos patamares de vendas nos últimos meses, a retração prevista para 2020 foi revisada pela FENABRAVE. Em julho, já sob os efeitos da pandemia, estimava-se que a queda no ano, considerando todos os segmentos automotivos, seria de 35,8%. Agora, a previsão é que 2020 encerre com retração de 25,3%.

Os segmentos de motocicletas e de automóveis e comerciais leves registraram grandes oscilações nas projeções para este ano. Motocicletas começou o ano com perspectiva de crescer 9%, apontou para uma retração de 35,8%, em julho, e de 17,7%, na última projeção.

Já automóveis e comerciais leves iniciou o ano com perspectiva de alcançar crescimento de 9% em 2020. Em julho, a estimativa foi revista para uma queda de 37,1% no ano. Na última revisão, a retração passou para 29,4%.

As projeções são realizadas conforme dados da MB Associados, consultoria econômica da FENABRAVE.

 

Usados também em alta

As vendas de usados também apresentaram crescimento, de 10,57%, em setembro, na comparação com o mês anterior. Foram transacionadas 1.391.730 unidades, contra as 1.258.743 em agosto. Na comparação com setembro do ano passado, quando foram 1.243.255 unidades negociadas, a alta é de 11,94%.

TABELAS DE EMPLACAMENTOS (NOVOS).JPG
PROJEÇÕES.JPG
 
Outubro 2020
home.jpg
Novidades na legislação

IOF Zero até Dezembro!

O governo federal prorrogou, até 31 de dezembro de 2020, a alíquota zero do IOF – Imposto sobre Operações Financeiras incidentes sobre operações de crédito, câmbio e seguro, ou relativas a títulos e valores mobiliários. A decisão é uma conquista da FENABRAVE, que encaminhou ofício ao ministro da economia, Paulo Guedes, em 22 de setembro. Desta forma, as operações feitas entre 3 de abril e 31 de dezembro deste ano terão tarifa zero de IOF, o que representa uma importante conquista para os empresários do setor.

 

LGPD é sancionada

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, no dia 17 de setembro, a Medida Provisória 959, que trata sobre o prazo da vigência da LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Dessa forma, a lei está valendo desde o dia 18 de setembro. A decisão não altera o início da aplicação das sanções administrativas, em 1º agosto de 2021. Embora as sanções só possam ser aplicadas em 2021, há riscos de questionamentos por titulares de dados, o que demanda a necessidade de as concessionárias já se adaptarem à legislação.

simbolo justica.png
 
Outubro 2020
home.jpg
IPC Maps: brasileiros devem gastar R$ 480 bilhões em veículos próprios em 2020

A pesquisa IPC Maps sobre os índices de consumo no País aponta que os brasileiros devem gastar 11,6% de suas rendas com veículos próprios, em 2020. Isso equivale a cerca de R$ 480,73 bilhões, sendo o quarto maior gasto em participação nas famílias, atrás de habitação (25,6%), outras despesas (18,1%) e alimentação (14,1%).

A classe B (renda mensal domiciliar entre R$ 5.641,64, na categoria B2, e R$ 11.279,14, B1) lidera o cenário de consumo nacional, representando 41,1% de tudo que será desembolsado pelas famílias brasileiras. A classe C (renda média domiciliar entre R$ 1.748,59, na categoria C2, e R$ 3.085,48, na C1) responde por 35,68%, a classe A (R$ 25.554,33), por 12,75%, e as classes D/E (R$ 719,81), por 10,56% do consumo.

No cenário local, o destaque vai para a Região Centro-Oeste, que ampliou, em 7,9%, sua participação no consumo, respondendo agora por 8,86% dos gastos nacionais.

Encabeçando a lista, aparece o Sudeste com 48,42%, seguido pelo Nordeste, com 18,53%.

A Região Sul participa com 17,97% e, por fim, aparece a Norte, representando 6,23%.

Já levando em conta os efeitos da pandemia, o IPC Maps aponta que o consumo das famílias brasileiras, neste ano, deve se igualar aos patamares de 2010 e 2012, descartando a inflação e levando em conta apenas os acréscimos ano a ano. A projeção é uma movimentação de cerca de

R$ 4,4 trilhões — queda de 5,39% em relação a 2019 —, e uma taxa negativa do PIB de 5,89%.

 
Outubro 2020
home.jpg
Universidade Web FENABRAVE prorroga isenção de pagamentos

A Universidade Web FENABRAVE continuará disponibilizando acesso gratuito, aos assinantes regulares, e à trilha especial de cursos, até dezembro de 2020. Os conteúdos começaram a ser oferecidos, sem cobrança, em 3 de abril. O acesso é 100% on-line, podendo ser feito por meio de notebook, computadores ou smartphones.

Quem não era assinante terá acesso à trilha especial com 10 cursos gratuitos, que tratam desde temas de interesse geral, independentemente da área de atuação dos colaboradores, até tópicos voltados para líderes e gestores.

 

Para aqueles que já eram assinantes, além da trilha especial, não serão cobradas as mensalidades de outubro, novembro e dezembro, sendo permitido acesso total à grade, com mais de 100 cursos on-line e multicanais, com novas opções todos os meses. A plataforma contempla podcasts, vídeos, material de leitura em PDF e há, ainda, avaliação final com certificação da FENABRAVE.

Em caso de dúvidas, entre em contato por meio dos seguintes canais:

E-mail: universidade@fenabrave.org.br

WhatsApp: (11) 99126-4826

Telefones: (11) 5582-0030 / 0045 / 0063

b3_20-062_banner-fenabrave_920x145px.jpg