Dezembro 2021
Banner - B3 15.png
 
SY_banner_FENABRAVE_02 (2).png
Dezembro 2021
home.jpg
Presidente Bolsonaro na Solenidade de 56 anos da FENABRAVE

 

No dia 30 de novembro, a FENABRAVE realizou Solenidade on-line para a comemoração dos 56 anos de fundação (veja o evento na íntegra). O Presidente Alarico Assumpção Júnior foi o anfitrião do evento, que teve a apresentação de Millena Machado e contou com a presença de diversas autoridades políticas, representantes de entidades congêneres e de parceiros do Setor. O Presidente da República, Jair Bolsonaro, enviou vídeo homenageando a entidade (assista).

“Mesmo que virtualmente, achamos importante celebrar os 56 anos da FENABRAVE. A participação de autoridades como o Presidente Jair Bolsonaro, a deputada federal Bia Kicis, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, além dos representantes de entidades como NADA – National Automobile Dealers Association, Banco Itaú, ALADDA – Asociación Latinoamericana de Distribuidores de Automotores, FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e ANFAVEA – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, apenas provam a importância do nosso Setor para o País”, destaca Assumpção Júnior.

A solenidade contou, ainda, com apresentações de Tereza Maria Fernandez Dias da Silva, sócia da MB Associados, de Gilson Finkelstain, presidente da B3, sobre o “Cenário Econômico para 2022”, e Augusto Nunes, comentarista da Rede Jovem Pan, que abordou “O Brasil em ano eleitoral”.

Em sua mensagem final, Alarico Assumpção Júnior agradeceu à sua Diretoria, Lideranças do Setor, assim como aos colaboradores e assessores da FENABRAVE, pelo período em que esteve à frente da entidade (2015 a 2021) e desejou sucesso ao novo Presidente Eleito, José Maurício Andreta Junior, que assumirá o cargo em 1º de janeiro de 2022, ao lado do 1º Vice-Presidente, o médico e Concessionário, Dr. Samir Dahas Bittar, e demais membros da Diretoria Executiva, que os acompanharão até o final de 2024.

56 anos.png

Alarico Assumpção Júnior, presidente da FENABRAVE.

56 anos2.png

Bia Kicis e Jair Bolsonaro.

 
Dezembro 2021
home.jpg
Mercado reage em novembro

Após cinco meses de quedas nos emplacamentos, o mercado reagiu em novembro. Tanto que, cinco dos seis segmentos automotivos registraram desempenho positivo. Apenas Caminhões, que teve elevação de mais de 45% no acumulado do ano, registrou baixa em relação ao mês anterior. No total, o Setor somou 296.203 mil unidades, uma alta de 7,31%, em novembro, sobre o mês de outubro de 2021, mas queda de 11,40% sobre novembro de 2020. No acumulado dos 11 meses do ano, o Setor teve crescimento de 12,86%, sobre o mesmo período do ano passado.

"Acredito que podemos fechar o ano dentro das nossas projeções de crescimento (11,1% para o ano de 2021). Dados os desafios enfrentados nos últimos meses, como a crise de abastecimento global e alta de juros no País, penso que é um ótimo desempenho, ainda que sobre uma base comparativa mais baixa, de 2020. Valem ser destacados os bons resultados dos segmentos de Ônibus, Motocicletas e Comerciais Leves no mês. Todos cresceram, de forma consistente, em novembro", analisa Alarico Assumpção Júnior, Presidente da FENABRAVE.

Transações de usados caem pelo terceiro mês

Em novembro, as transações de veículos usados tiveram baixa de pouco mais 4%, na comparação com o mês de outubro, e queda de 17,20% sobre novembro de 2020. Este é o terceiro mês consecutivo com diminuição no volume de trocas de titularidade. No ano, no entanto, o resultado segue 24,79% maior que o acumulado de 2020, com um total de 13.932.777 transações.

“O resultado do acumulado do ano é uma prova de como as vendas de usados estão aquecidas. Então, é natural que, aos poucos, o mercado vá se reequilibrando e apresente certa volatilidade nas transações. Até porque ainda persiste a baixa oferta de alguns modelos mais demandados”, explica Alarico Assumpção Júnior, Presidente da FENABRAVE. Entre os Automóveis e Comerciais Leves, os modelos com até 3 anos de fabricação corresponderam a 14,19% das transações de novembro. No acumulado do ano, estes veículos somam 11,9% do total.

TABELA NOVOS_DEZEMBRO 2021.JPG
TABELA USADOS_DEZEMBRO 2021.JPG

Clique para ampliar a tabela.

Dezembro 2021
home.jpg
TCFA: Concessionários ganham alternativa

O IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis respondeu consulta formal da FENABRAVE sobre a cobrança da TCFA – Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental, incidente sobre as atividades relacionadas à troca de óleo lubrificante, entendendo que apenas o estabelecimento que armazene e/ou manuseie o OLUC – Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado é contribuinte da TCFA e está obrigado a se cadastrar no CTF/APP – Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras e Utilizadoras de Recursos Ambientais. Além disso, a autarquia reconheceu que a taxa deve ser quantificada a partir das receitas auferidas por tal estabelecimento.

“Nosso objetivo sempre foi de obter uma taxa justa, cobrada com base no faturamento específico da atividade de troca de óleo, e não no faturamento total da Concessionária”, diz Alarico Assumpção Júnior, Presidente da FENABRAVE, lembrando que a decisão não interfere na ação coletiva movida pelas Associações de Marca, para afastar a cobrança da TCFA (ainda em curso) e que, com a resposta do IBAMA, os Concessionários ganham uma alternativa para amenizar o impacto da cobrança em suas empresas.

Recomendamos que cada Concessionário consulte seus assessores jurídicos e fiscais para avaliar a conveniência de eventual divisão ou reorganização societária de suas atividades e de possíveis providências adicionais cabíveis em relação a cada situação específica, com a ponderação de todos os aspectos e riscos envolvidos. Além disso, é fundamental que consultem suas Associações de Marca para verificarem as respectivas convenções de marcas”, afirma. As Lideranças foram informadas de todos os desdobramentos das negociações da FENABRAVE com o IBAMA.

Ibama.png
 
 
Banner novo.png
Dezembro 2021
home.jpg
VT como insumo de PIS e COFINS

A Secretaria da Receita Federal do Brasil, em Solução de Consulta nº 3014/2021, reconheceu o vale-transporte custeado pelo empregador como insumo para desconto do crédito do PIS – Programa de Integração Social e da COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social. Vale destacar, no entanto, que os gastos com vale-transporte, pelos Concessionários, somente podem ser aproveitados em relação aos funcionários que trabalham diretamente nas prestações de serviço, não sendo permitido o crédito para os funcionários que trabalham nas operações de comércio (venda).

Isso porque a Secretaria da Receita Federal do Brasil possui interpretação de que as normas do PIS e da COFINS, somente reconhecem a existência de insumos nas operações de prestação de serviço e produção e fabricação de bens, não havendo previsão legal para utilização de insumos nas operações de comércio (venda).

Receita.png
 
Dezembro 2021
home.jpg
Reforço na segurança

Com base em alguns episódios de assaltos e furtos ocorridos em Concessionárias de veículos, a FENABRAVE enviou um comunicado às Lideranças para que as empresas verifiquem as vigências e coberturas de suas apólices de seguro e, se possível, reforcem os cuidados com a segurança de suas instalações. Em um dos episódios de violência, houve grande prejuízo com a subtração de peças e componentes, como pneus e rodas.

“Temos que ter especial atenção com os valores de cobertura de equipamentos, peças e acessórios, uma vez que, mesmo que os veículos não sejam roubados, podemos sofrer grandes perdas financeiras em outros itens”, afirma Alarico Assumpção Júnior, Presidente da FENABRAVE.

Cadeado.png
 
Dezembro 2021
home.jpg
RENAVE 0KM: cadastramento para Concessionárias

De acordo com o cronograma da SENATRAN – Secretaria Nacional de Trânsito, a partir de 3 de janeiro de 2022, o RENAVE – Registro Nacional de Veículos em Estoque Módulo 0KM será pré-requisito para emplacar um veículo no País. Dessa forma, todos os Concessionários brasileiros devem fazer a adesão no site do SERPRO – Serviço Federal de Processamento de Dados.

Vale destacar que o RENAVE para veículos usados continua seguindo o cronograma de implantação de cada estado (atualmente, está em produção em Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Mato Grosso e Goiás), enquanto o Módulo 0KM será adotado de forma única para todo o Brasil, a partir de 3 de janeiro de 2022.

Renavce.png
Dezembro 2021
home.jpg
Bem-estar financeiro na Universidade Web

Em dezembro, chegam à Universidade Web FENABRAVE os módulos 2 e 3 do curso “Bem-estar financeiro: um caminho para a qualidade de vida e a produtividade na Rede de Concessionárias”. O "Módulo 2 – Fluxo de vida no caixa" permite a identificação da origem dos comportamentos em relação ao dinheiro, com base na história de vida dos indivíduos, com o objetivo de auxiliá-los no desenvolvimento de estratégias para alcançar a tranquilidade financeira.

Já o Módulo 3 – Quanto custa seu estilo de vida auxilia os interessados a definirem objetivos financeiros para o alcance de um estilo de vida com qualidade, com base em motivadores internos. O curso é composto por quatro módulos e é ministrado por Rebeca Toyama.

Universidade.png

SERVIÇO

Central de Atendimento:
Tel.: (11) 5582-0045

E-mail: universidade@fenabrave.org.br

www.universidadefenabrave.com.br

 
Banner - B3 15.png